Make your own free website on Tripod.com

 

 Operar em Repetidoras de Sinal

Apresentamos aqui algumas dicas de como se comportar corretamente nas repetidoras, garantindo assim uma integração maior e a certeza de conseguir muitos amigos.

1 - Sempre que for solicitar algum colega, chame-o pelo indicativo. Agindo dessa maneira, quem está na escuta não terá dúvidas de que é um radioamador que está querendo usar o repetidor

2 - Sempre que entrar em alguma rodada, certifique-se que sabe o indicativo e o nome de cada um dos integrantes, bem como o assunto em pauta. Não existe coisa mais desagradável do que você estar falando com os amigos e alguém entrar interrompendo, fazendo "ping-pong" e não cumprimentando ninguém.

3 - Tenha um vocabulário adequado. Um bom vocabulário tem de estar isento do excesso de termos pobres e vulgares, como palavrões e gírias. Por outro lado, não se recomenda um vocabulário repleto de palavras difíceis e quase sempre incompreensíveis.

4 – Deixe sempre um espaço de cambio de 3 segundos ou mais. Esse espaço é importantíssimo para que outros radioamadores possam acessar a repetidora e muitas vezes por motivo da propagação, promove a interação com outras repetidoras, havendo um “delay” (atraso) para que as mesmas funcionem devidamente. (vale lembrar que agora com o auxilio da Internet, diversas repetidoras estão conectas na rede mundial, o que promove a participação de radioamadores de diversos pontos do Brasil e do exterior, com isso o espaço de câmbio fica ainda mais importante).

5 - Seja cortêz e educado. Lembre-se que embora a maioria absoluta de radioamadores sejam do sexo masculino, em suas casas sempre haverão crianças e mulheres ouvindo. Certa vez, estava acontecendo uma discussão no repetidor e o nível baixou completamente. Minha esposa ouviu e me perguntou se era com isso que eu perdia horas e horas no "shack". Durma com esse barulho!

6 - Não ofenda e nem faça comentários pejorativos. Está se tornando comum "certos" radioamadores fazerem comentários maldosos no repetidor. Comentários que ofendem e constrangem não só o radioamador que querem atingir, mas também os outros que estão ouvindo. Portanto não se surpreendam se o repetidor for desligado no meio de um QSO desse tipo.

7 - Evite falar com clandestinos pelo repetidor. Se encontrar alguém sem prefixo usando o repetidor, ou chame-o para um direto, oriente-o a falar com o pessoal da Labre para saber como legalizar ou saia da freqüência. Lembre-se, o pessoal da fiscalização da Anatel agora consegue ouvir o repetidor.

8 - Quando ouvir alguma portadora, evite comentar na freqüência. Faça de conta que não está atrapalhando ou se realmente estiver, diga que precisa desligar. A pessoa que dá portadora adora saber quanto você a odeia, quanto mais você reclama, mais ela fica feliz. Se você simplesmente a ignora, logo ela desiste.

 

9 - Use um canal direto sempre que possível. Quando precisar falar com algum colega sobre um assunto muito específico, verifique se não conseguem contato pelo direto, assim o repetidor fica livre para alguém que precise usa-lo e vocês não serão interrompidos no assunto.

10 - Desistimule clandestinos a usar o repetidor. Explique dos problemas que eles podem nos trazer. Incentive-o a estudar as apostilas e a fazer o exame.

Aos clandestinos:

1 - Não operem o rádio clandestinamente, a multa por transmitir sem licença é até R$10.000,00 mais a possibilidade de ficar de 2 a 4 anos preso!!!

2 - Não inventem indicativos para operar, pois normalmente não sabem sobre as categorias e de como é feita a divisão das letras. O resultado é que inventam prefixos que não existem.

3 - Consultas de indicativos. Lembre-se que quase todo radioamador tem acesso a internet e pode checar se o indicativo é seu mesmo no site Anatel - Prefixos

4 - Entre pela porta da frente. Entre da maneira correta e faça muitos amigos. Segure a vontade de entrar operando e faça o exame para radioamador.

Fonte: Retirado do site: www.crambr.org.br

Atualizado e editado por: Mauricio Matos da Silva – PY5MC